Registos

Lançamento do Livro: Vivências Académicas e Métodos de Estudo no Ensino Superior
Prof. Dra. Bendita Donaciano Lopes

IMG-20180307-WA000220171017_211052

 

 

 

 

 

 

 

 

V Seminário Internacional Cognição, Aprendizagem e Desempenho

Varios associados participaram na Universidade do Minho no V Seminário Internacional do GICAD (14-15 de setembro). Este Seminario visou a troca de resultados, modelos teóricos e projetos de investigação de académicos, investigadores e doutorandos associados, de algum modo, ao Grupo (informal) de Investigação sobre “Cognição, Aprendizagem e Desempenho”. Este grupo envolve, essencialmente, elementos de Angola, Brasil, Espanha, Moçambique e Portugal. A conceptualização dos constructos estudados (cognição, aprendizagem e desempenho), a par da construção e validação de instrumentos para a sua avaliação e intervenção, constituem o âmbito da pesquisa realizada no GICAD, procurando, ainda, atender aos diversos públicos estudantis e aos diferentes níveis do sistema educativo.

V GICAD 1

Ata das Eleições para triénio 2017/2019

Ata das Eleições

Seminário “Três passos para maximizar as oportunidades de aprendizagem e sucesso educativo”

No passado dia 15 de dezembro a nossa colega da ADIPSIEDUC Gina C. Lemos esteve na Universidade da Madeira, ministrando o Seminário “Três passos para maximizar as oportunidades de aprendizagem e sucesso educativo”.

Garantir que todas as jovens e todos os jovens completam uma educação gratuita, inclusiva, equitativa e de qualidade, e desenvolvam uma aprendizagem efetiva e relevante ao longo da vida é definido pela UNESCO como um objetivo estruturante da sociedade global para o desenvolvimento sustentável (UIS, 2016). A promoção da aprendizagem e do sucesso académico só se consegue quando se responde às necessidades e às capacidades dos estudantes. É precisamente neste âmbito que a avaliação das habilidades cognitivas dos nossos jovens assume-se capital. Este seminário visou (i) contribuir para uma reflexão alargada sobre uma das atividades mais relevantes do/a psicólogo/a a atuar em contextos educativos e (ii) apresentar uma ferramenta atual, precisa, válida e teoricamente sustentada, que se propõe pertinente na demanda da educação com qualidade.

A Antena 1 fez cobertura do evento e pôs no ar uma breve peça que podem escutar no minuto 5:20 através do link http://www.rtp.pt/play/p1138/e264321/diario-regional

img_2909

 

img_2908

 

 

img_2905

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eleições para triénio 2017/2019

A lista candidata às eleições foi hoje votada favoravelmente pela maioria dos associados. No total, contando os votos pelo correio e o voto dos associados que se reuniram na Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra, votaram 20 associados, havendo 19 votos a favor da lista e um voto em branco. Parabéns aos eleitos e votos de um produtivo mandado.

fullsizerender-3

 

 Workshop “Motivação para aprender: Um dos maiores desafios de hoje nas salas de aula”
Na sequência da colaboração estabelecida com a Escola Salesiana de Manique, e enquanto elemento da ADIPSIEDUC, a Doutora Lúcia Miranda dinamizou um workshop dirigido a cerca de 90 professores da instituição referida (dos vários grupos disciplinares do 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário), com duração de três horas no âmbito do tema “Motivação para aprender: Um dos maiores desafios de hoje nas salas de aula”. Tomando como ponto de partida uma atividade prática, reflectiu-se sobre o papel de algumas variáveis motivacionais na aprendizagem dos alunos, como as metas académicas e as atribuições causais, e foram discutidas implicações para a prática docente.

IMG_20160902_151407 IMG_20160902_160835

IV Seminário Internacional ”Cognição, Aprendizagem e Desempenho”
A ADIPSIEDUC apoiou a realização do IV Seminário Internacional “Cognição, Aprendizagem e Desempenho”, realizado entre 21 e 23 de julho de 2016 na Universidade do Minho. Este encontro reuniu uma centena de estudantes de pós-graduação, académicos e investigadores do Brasil, Espanha, Moçambique e Portugal.

Programa do IV Seminário
Livro de Resumos

livro-de-atas-iv-seminario-internacional-gicad

iv-seminario-gicad_2 iv-seminario-gicad_9

20 de julho, 2016 – Na sequência da colaboração estabelecida com a Escola Salesiana de Manique, e enquanto elemento da ADIPSIEDUC, a Dra. Gina Lemos dinamizou um workshop dirigido a cerca de 80 professores da instituição referida (dos vários grupos disciplinares do 2.º, 3.º ciclos e ensino secundário), com duração de três horas no âmbito do tema “Aptidões e estilos cognitivos”. Foram desenvolvidas atividades de partilha e discussão em torno das seguintes questões: Como se diferenciam os meus alunos na forma como pensam, raciocinam e resolvem problemas? Qual o grau de correspondência entre os interesses, as aptidões e os estilos cognitivos dos meus alunos nas minhas aulas? Que estratégias de aprendizagem favoreço nas minhas aulas? Que métodos pedagógicos privilegio? Que métodos de avaliação tendo a usar? O que poderei fazer mais e/ou diferente para tornar as minhas aulas espaços promotores de mais equidade e sucesso?

IMG_20160720_160612  IMG_20160720_160518

I seminário Internacional de Aprendizagem Autorregulada e Motivação: Desafios e Aplicações no Contexto Educativo

Entre os dias 6 e 8 de julho de 2016, com o apoio da ADIPSIEDUC, decorreu na Faculdade de Educação da Unicamp (Campinas-Brasil) o I seminário Internacional de Aprendizagem Autorregulada e Motivação: Desafios e Aplicações no Contexto Educativo, abarcando as iniciativas e investigações que adotam como referencial a perspectiva da aprendizagem autorregulada, nas suas dimensões cognitivas, metacognitivas, motivacionais, afetivas e sociais, no contexto da escolarização formal, desenvolvidas por pesquisadores e estudantes de pós-graduação. Este seminário é uma importante iniciativa, de caráter internacional, envolvendo países como Brasil, Portugal e Estados Unidos, tendo como objetivos principais:

  • promover o avanço teórico-cientifico e das práticas relacionadas à temática da autorregulação da aprendizagem.
  • oportunizar o intercâmbio de pesquisadores, estudantes e profissionais da área de Educação, Psicologia, Psicopedagogia, entre outras que trabalham e se interessem pelo tema
  • gerar contribuições importantes para a área de ensino aprendizagem, no que concerne às possibilidades de aplicações em sala de aula, ao desenvolvimento de instrumentos de medidas, a melhoria da formação do professor e ao aumento dos estudos transculturais, com base nessa abordagem.

https://www.fe.unicamp.br/aprendizagem-autorregulada/index.html

6 de outubro, 2015 – Especialidades
Estimadas/os Associadas/os
Vários colegas se pronunciaram sobre as especialidades. Sintetizando, vamos reduzir o número e sendo necessário no futuro criam-se novas. Assim, foi opção não criar especialidades por níveis do sistema educativo (por exemplo, ensino básico e ensino superior). Por outro lado, optou-se por não criar especialidades que possam ser entendidas como disciplinas ou áreas científicas (psicologia positiva, neuropsicologia, ética…).
Na continuidade do processo em curso, pedimos aos associados que indiquem por e-mail até 3 (três) especialidades da lista. Precisamos dessa informação dos associados até 16 de outubro, assumindo-se a criação das especialidades com 8 (oito) inscrições.

Criatividade: Aplicações Práticas em Contextos Internacionais
Vários elementos da ADIPSIEDUC estão implicados na edição deste livro e na autoria dos seus capítulos (Ana Antunes, Carmen Ferrándiz, Denise Fleith, Leandro Almeida, Lúcia Miranda, e Solange Wechsler). Editado em 2015 pela Vetor (São Paulo), os capítulos deste livro repartem-se por quatro apartados: (i) Promoção da criatividade – um desafio transversal; (ii) Promoção da criatividade no contexto educacional; (iii) Promoção da criatividade no contexto organizacional; e (iv) Promoção da criatividade nas expressões artísticas. O livro, com mais de 400 páginas, tem um prefácio da Profª. Manuela Romo da Universidade Complutense de Madrid, apontando a relevância da criatividade e do seu estudo face aos desafios sociais dos nossos dias.

Boletim BCriai, dedicado à divulgação do livro “Criatividade: Aplicações Práticas em Contextos Internacionais” – BCriai oito

18 e 19 de setembro, 2015 – Avaliação do Potencial Criativo: Bateria EPoC de Lubart
Um número significativo de associados da ADIPSIEDUC participaram num curso intensivo com o Prof. Taisir Yamin, nos dias 18 e 19 de setembro de 2015, na Universidade Portucalense (Porto, Portugal), sobre a avaliação do potencial criativo de crianças e adolescentes recorrendo à bateria EPoC. Esta bateria permite avaliar o “potencial criativo”, entendido como a capacidade da criança/adolescente produzir um trabalho original e adaptado ao contexto e aos constrangimentos da situação (Lubart, 1994; Mouchiroud, Tordjman, & Zenasni, 2003). A abordagem multivariada proposta por Sternberg e Lubart (1995) postula que uma combinação conjunta de fatores cognitivos, volitivo-afetivos e ambientais influenciam a capacidade criativa num domínio específico. Os fatores cognitivos referem-se às capacidades intelectuais e de conhecimento que facilitam o pensamento criativo; os fatores volitivo-afetivos dizem respeito aos aspetos de personalidade (por exemplo, gosto pelo risco), estilos cognitivos (por exemplo, a preferência por pensamento intuitivo) e motivação; finalmente, os fatores ambientais consideram simultaneamente o ambiente físico e social da criança. Cada um destes fatores tem uma influência na produção criativa, sendo esta relativamente específica ao domínio de produção. A avaliação do potencial criativo é principalmente baseada na estimativa das capacidades requeridas na produção do trabalho criativo. Este processo implica pensamento divergente, numa operação de exploração, e pensamento convergente, numa operação de integração de ideias e do seu desenvolvimento. Estes componentes ativos da criatividade são avaliados na bateria EPoC, pedindo à criança que produza ideias e produtos em dois conteúdos diferenciados: verbal e gráfico-figurativo.

20150919_141945

8 de setembro, 2015 – Reunião Anual da ADIPSIEDUC/2015
Decorreu no Hotel de Lamaçães (Braga – Portugal), no passado dia 8 de setembro, a Reunião Anual da ADIPSIEDUC de 2015. A reunião foi presidida por Ema Oliveira, Presidente da Mesa da Assembleia Geral, e por Ana Salgado que secretariou. Estiveram presentes vários associados de Portugal e Brasil, bem como a Delegada no México (a foto documenta os presentes).

Numa análise da situação da Associação e tendo em vista a sua dinamização, foi decidido ampliar o espaço de divulgação das atividades científicas dos associados e suas produções, tomando para isso o site da ADIPSIEDUC. Serão assim criados espaços próprios na página para referenciação dos trabalhos dos associados, suas páginas pessoais e institucionais de acesso ao currículo e publicações. De igual modo, a página da Associação deve elencar eventos significativos a nível nacional e internacional da Psicologia da Educação. Da mesma forma, a Associação deve dinamizar a edição de E-Books, por exemplo aproveitando teses de mestrado e de doutoramento orientadas pelos associados, ou ainda apoiar a organização de eventos de outras associações e aproveitar espaços dessas reuniões/congressos para ter sessões científicas da sua responsabilidade.

Outra decisão tem a ver com a criação de algumas áreas ou especialidades temáticas dentro da Associação, procurando assim melhor reunir e identificar os associados por domínios dentro da Psicologia da Educação. Uma listagem de áreas será colocada à escolha dos associados, retendo-se nesta fase as 3 ou 4 mais representativas, sendo certo que cada associado(a) pode pertencer a mais que uma especialidade.

Finalmente decidiu-se criar a figura do “investigador estudante” nas categorias de associados da ADIPSIEDUC. Esta categoria, reunindo estudantes de pós-graduação, terá uma quota anual mais reduzida, situando-se em 10 (dez) euros.

DSCN6570      20150908_110121

7 de setembro, 2015 – O Agrupamento de Escolas Luísa Todi em parceria com a ADIPSIEDUC promoveu as Jornadas “Desenvolvimento Cognitivo e Aprendizagem”, no dia 7 de setembro de 2015, tendo como grupo alvo a sua comunidade educativa, nomeadamente, os docentes do 2.º e 3.º ciclos da Escola Básica 2, 3 Luísa Todi, em Setúbal. A ação teve lugar no auditório da escola sede e contou com a participação de 83 docentes. Com um cariz científico e pedagógico enquanto jornadas temáticas e uma duração total de 4 horas, salientam-se o seu conteúdo e a adequação ao exercício profissional. A autarquia marcou presença na sessão de abertura das Jornadas, na pessoa do Dr. Pedro Pina, vereador da Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Setúbal, sinal de reconhecimento da relevância deste tipo de iniciativas para a comunidade educativa e da relação da autarquia com o agrupamento de escolas.

Jornadas 01 Jornadas 02 Jornadas 03

13 dezembro, 2014 - Na Assembleia Geral da ADIPSIEDUC foram ratificados os associados com funções de representação da Associação nos respetivos países: Argentil do Amaral (Moçambique), Carmen Ferrándiz (Espanha), Evely Boruchovitch (Brasil) e Gabriela López (México).

5 novembro, 2014 – A associada Ana Manuela Faria Salgado, membro da Direcção, defendeu a sua dissertação de mestrado na Escola de Psicologia da Universidade do Minho, com a tese intitulada “Novos contributos na avaliação da inteligência: Bateria AURORA”.

3 novembro, 2014 – Alguns associados jantaram em despedida do Argentil do Amaral, depois de vários meses em Portugal para realização do seu doutoramento e publicação de alguns trabalhos, sendo correspondente da Associação em Moçambique. Na foto, Leandro Almeida, Ana Filipa Alves, Argentil do Amaral, Ana Salgado e Ana Martins.

IMG_1188

24 julho, 2014 – O associado Argentil Omar de Amaral, correspondente da Associação em Moçambique, defendeu a sua tese de doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Psicologia da Educação, na Universidade do Minho, com o título “Inteligência e rendimento escolar: Estudo da sua relação tomando os dados da adaptação e validação da BPR7/9 a alunos moçambicanos”

28 maio, 2014 – Na Escola Secundária Fontes Pereira de Melo (Porto), numa sessão organizada pela Associação Nacional para o Estudo e a Intervenção na Sobredotação (ANEIS), Ema Oliveira e Leandro Almeida fizeram a apresentação do livro “Sobredotação: Respostas educativas”, de que são coautores com Denise Fleith, editado pela Associação na coleção “Psicologia & Educação”. Na foto, ao centro, o Presidente da ANEIS, Alberto Rocha, que dirigiu a sessão.

IMG_2676 (1)