Nota curricular dos Associados

Abílio Afonso Lourenço. Doutorado em Educação, especialidade de Psicologia da Educação pela Universidade do Minho, Braga, e com pós-doutoramento em Psicologia pela Universidade Fernando Pessoa, Porto, Portugal. Desenvolve pesquisas em psicologia aplicada, particularmente em aprendizagem autorregulada, autoeficácia, motivação, procrastinação, inteligência emocional, comportamento disruptivo, gestão de conflitos escolares, construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica e metodologia SEM (Modelos de Equação Estrutural). Integra grupos de investigação e é autor de publicações nacionais e internacionais nos domínios científicos anteriormente descritos, em parceria com vários autores oriundos de várias instituições.
Email: privadoxy@gmail.com

Acácia Angeli dos Santos. Psicóloga com mestrado em Psicologia Clínica pela PUC-Campinas. Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela USP-SP. Professora titular da Universidade São Francisco na graduação e no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia, com área de concentração em Avaliação Psicológica. Orientadora de dissertações de mestrado e teses de doutorado. Publicou artigos em revistas científicas qualificadas, livros e capítulos de livros. Foi presidente da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) e integrante do Conselho Federal de Psicologia no XIII e XIV Plenário (2008-2010). Membro do conselho editorial de várias revistas na área de psicologia e do Comitê de Avaliação e Seleção de Periódicos LILACS Brasil. Editora das revistas: Psicologia Escolar e Educacional (2000-2003), Psicologia: Ciência e Profissão (2005-2010) e Avaliação Psicológica (2011-atual). Integrante da Comissão de avaliação de livros da CAPES (2011-2015) e membro titular do Comitê de Assessoramento na área da Psicologia do CNPq (2014-2017). Email: acacia.angeli@gmail.com

José Airton Pontes Jr. Doutorado em Educação, na linha de pesquisa Avaliação Educacional, pela Universidade Federal do Ceará (UFC) com estágio científico (bolsista PDSE/CAPES) na Universidade do Minho (UMinho), Portugal. Pós-Doutorado em Educação, com ênfase em Psicologia da Educação, na Universidade do Minho (Portugal), e Pós-Doutorado em Educação, na linha de Políticas e Gestão Educacional, pela Universidade Federal do Acre (UFAC). Professor efetivo da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UECE). Tem atuado como líder do grupo de pesquisa Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional (Grupo IMPA/CNPq), editor-chefe da Revista de Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional (Revista IMPA), além de coordenador do Observatório da Rede Municipal de Educação de Fortaleza/CE-pesquisas em políticas educacionais (2021-2024) e docente do Banco Nacional de Avaliadores do Sinaes – BASis/INEP. http://cev.org.br/qq/airtonjunior
Email: jose.airton@uece.br

Alberto Rocha. Licenciado em Psicologia. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Especialista em Psicologia da Educação. É Presidente da Direção da Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação (A.N.E.I.S.), sendo ainda Coordenador do Programa de Enriquecimento nos Domínios da Aptidão, Interesse e Socialização (P.E.D.A.I.S.) da responsabilidade da Delegação do Porto, e diretor da revista científica “Sobredotação”. É gerente do Centro de Estudos e Recursos em Psicologia (CERPSI), exercendo a prática privada da psicologia. Presidiu ao Rotary Club Porto-Douro 2014-2015, respondendo pelos projetos na área da educação, em particular os prémios de mérito e excelência escolar. Os seus atuais interesses de investigação centram-se na identificação e atendimento de crianças e jovens sobredotados e talentosos, tendo dirigido o Projeto de Identificação da Sobredotação e do Talento em Alunos do 1º Ciclo (PISTA|1). Orientador de vários estágios académicos e profissionais da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Integra a Red Internacional de Investigación, Intervención y Evaluación en Altas Capacidades Intelectuales (REINEVA). Membro do Conselho Editorial da revista digital de ciência nas disciplinas de Psicologia e Educação, Talincrea – Talento, inteligência e criatividade. Membro do European Council for High Ability (ECHA) e do World Council for Gifted and Talented Children (WCGTC). É autor e co-autor de vários trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais e publicados na área da sobredotação e do talento.
E-mail: aneisporto@gmail.com

Alexandra M. Araújo. Licenciada em Psicologia pela Universidade do Porto, é Doutora em Psicologia (com especialização em Psicologia Vocacional) pela Universidade do Minho. É investigadora em Pós-Doutoramento no Centro de Investigação em Educação (CIEd) da Universidade do Minho, com projeto centrado nas trajetórias de transição e adaptação ao ensino superior de estudantes do primeiro ano, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. A sua pesquisa mais alargada inclui o estudo dos percursos académicos e de carreira de jovens, procurando evidenciar o impacto combinado de variáveis pessoais e contextuais no desenvolvimento, adaptação e sucesso. Tem larga experiência na consulta psicológica, consultoria educacional e formação de agentes de educação, sendo ainda responsável pela orientação  de teses de mestrado e de doutoramento em Psicologia e Educação. É sócia-fundadora da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento da Carreira (APDC) e da Associação Iberoamericana de Diagnóstico e Avaliação Psicológica (AIDAP, Portugal 2015). É autora ou coautora de perto de uma centena de trabalhos científicos, entre artigos, livros, capítulos e textos em actas, nos domínios da Psicologia da Educação e do Desenvolvimento Vocacional, publicados nacional e internacionalmente, desenvolvendo ainda algumas escalas de avaliação psicológica, em particular junto de estudantes do ensino superior.
E-mail: alexandra.araujom@gmail.com

Alexandra Ribeiro da Costa. Formada em Psicologia. Doutorada em Ciências do Trabalho, especialização em Psicologia Social pela Universidade de Cádiz (Espanha). Realizou Pós-doutoramento em Psicologia da Educação na Universidade do Minho com um trabalho de investigação sobre o impacto de variáveis sociomotivacionais na permanência e no sucesso académico dos estudantes do Ensino Superior, em particular os do 1.º ano. Exerce atualmente a função de professora Adjunta no Instituto Superior de Engenharia do Porto (Instituto Politécnico do Porto). Os seus atuais interesses de investigação centram-se no estudo de variáveis percussoras do sucesso académico dos estudantes do Ensino Superior, nomeadamente o Engagement Académico e a Perceção de Autoeficácia; transição e adaptação ao Ensino Superior, estratégias de aprendizagem e estratégias de recuperação de recursos. Autora de publicações nacionais e internacionais nos domínios científicos referidos, incluindo a coautoria de algumas escalas de avaliação.
E-mail: alexandraribeirocosta@gmail.com

Alice Tavares. Doutorada em Ciências da Educação na especialidade de Desenvolvimento Curricular, pela Universidade do Minho, Portugal. Graduada em Psicologia, pelo ISCED de Benguela, Angola.  Pesquisadora de temas relacionados com o currículo. Responsável pela orientação de trabalhos de fim de curso e teses de mestrado. Co-autora dede livros e trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais. Membro e representante da Sociedade Portuguesa de Educação em Angola (SPCE), organizadora do Colóquio de Currículo em Angola, do Mestrado em Desenvolvimento Curricular em Angola, Representante da UMinho em Angola do 1.º Mestrado em Desenvolvimento Curricular. Membro de várias comissões científicas nacionais e estrangeiras.
E-mail: alitavares46@hotmail.com

Ana Antunes. Professora Auxiliar na Universidade da Madeira (Portugal) e doutoramento em Psicologia, área de Psicologia da Educação (Universidade do Minho, Portugal), com uma tese sobre programas de enriquecimento para  alunos  com  altas habilidades. Pós-doutoramento em Ciências da Educação, especialidade de Psicologia da Educação (Universidade do Minho), com o projeto intitulado “Alunos excelentes, alunos promissores? Estudo exploratório sobre os alunos de mérito académico no ensino superior”. Prática professional relacionada com o contexto escolar e educativo, em vários níveis de ensino, e a institucionalização de crianças e jovens. Interesses de investigação na área das altas habilidades, criatividade e inclusão. Membro da Ordem dos Psicólogos Portugueses e membro da Rede Internacional de Investigação, Intervenção e Avaliação em Altas Habilidades Intelectuais (REINEVA).
E-mail: antunes.p.ana@gmail.com

Ana Belén Bernardo Gutiérrez. Doctora en Psicología y profesora Titular del área de Psicología Evolutiva y de la Educación del Departamento de Psicología de la Universidad de Oviedo. Desde el año 2000 pertenece al grupo de investigación ADIR (Aprendizaje Escolar, Dificultades y Rendimiento académico) de ésta misma universidad. Ha participado en diversos proyectos de investigación sobre los retos que el Espacio Europeo de Educación Superior trae consigo tanto para alumnos como para docentes. Fruto de estos estudios y colaboraciones con equipos de investigación de otras universidades, nacionales e internacionales, ha publicado numerosos artículos en revistas científicas, capítulos de libros y participado en reuniones científicas, en numerosas ocasiones en los últimos.  https://orcid.org/0000-0001-5984-0985
E-mail: bernardoana@uniovi.es

Ana Cristina F. de Almeida. Professora Auxiliar na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (Portugal), com doutoramento em Psicologia da Educação desde 2004, em Resolução de Problemas e Aprendizagem. Desde 1990 que desempenha naquela Faculdade funções de docência, investigação e prestação de serviços à comunidade (consulta, formação, avaliação psicológica e resposta a desafios). Os seus interesses de investigação e de intervenção situam-se em torno da aprendizagem, cognição, estratégias e processos de promoção da aprendizagem e do desenvolvimento, com particular orientação para modalidades dinâmicas e alternativas de aprendizagem: baseada em jogos, em problemas ou em projetos. Procura investir na usabilidade de meios tecnológicos de facilitação da comunicação e da cooperação, para a participação na educação / formação das pessoas, em contextos de comunidade prática, de cultura e de cidadania.
E-mail: calmeida@fpce.uc.pt

Ana Isabel S. Almeida. Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pelo Instituto Universitário da Maia, Portugal. Estágio curricular em Unidades de Saúde do ACES Espinho/Gaia e estágio profissional na ANEIS – Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação – onde atualmente exerce a função de Psicóloga. Os principais interesses de intervenção incidem na área clínica, na educação e parentalidade, bem como na área escolar e sobredotação. Além do principal interesse na validação/construção de instrumentos de avaliação psicológica, também manifesta interesse de investigação na área da parentalidade e sexualidade, no que se refere à área clínica, e na área da criatividade e sobredotação, no contexto escolar. Atualmente responsável pelo projeto DesEnvolver a Criatividade – estimulação de criatividade de alunos do 2º ciclo do ensino básico -, Programa de Competências Sociais e Emocionais de crianças/adolescentes sobredotadas, e pelo programa Parentalidade Positiva destinado aos pais pertencentes à ANEIS-Porto.
Email: ana.i.s.almeida.3@gmail.com

Ana M. Salgado. Formação inicial em Professores do Ensino Básico, variante E.V.T. Especialização em Educação Especial e mestrado em Psicopatologia da Comunicação e da Linguagem, tendo apresentado a tese “Fluência e Compreensão: avaliação da leitura no 1ºCiclo do Ensino Básico”. Experiência docente no ensino regular, no apoio pedagógico especializado e nas atividades de enriquecimento curricular. Prática clínica em reabilitação da linguagem. Formadora acreditada pelo CCPFC, dinamizando ações de tipologia variada no âmbito da formação contínua de professores. Mestrado Integrado em Psicologia pela Universidade do Minho com dissertação na área da Psicologia Escolar, intitulada “Novos contributos na avaliação da inteligência: Bateria Aurora”. Coautora de comunicações orais e publicações científicas no domínio das dissertações referidas.E-mail: formadoracffh@gmail.com  

Ana Paula Porto Noronha. Possui graduação e licenciatura em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1990), mestrado em Psicologia Escolar (1995) e doutorado em Psicologia Ciência e Profissão pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1999). É Professora Associada do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Psicologia da Universidade São Francisco. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Fundamentos e Medidas da Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação psicológica, testes psicológicos, formação profissional, validação de instrumentos, avaliação percepto-motora, avaliação da inteligência, orientação profissional e psicologia positiva. Foi secretária e presidente do Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica (2003-2005; 2007-2009). Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação nos biênios 2003-2005 e 2009-2011. Coordenou o GT de Pesquisa em Avaliação Psicológica e de Avaliação em Psicologia Positiva da ANPEPP em 2006 e 1016. Foi editora dos periódicos Avaliação Psicológica (2006-2010) e Psico-USF (2011-2016). É bolsista produtividade em pesquisa do CNPq – 1B.
E-mail: ana.noronha@usf.edu.br

Andreia Osti. Professora do Departamento de Educação da Universidade Estadual Paulista (UNESP), sendo docente no seu Programa de Pós-Graduação em Educação. Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde também concluiu os cursos de Mestrado em Educação e Graduação em Pedagogia. Realizou o Pós-doutoramento em Psicologia na Universidade São Francisco.  Participa como pesquisadora nos seguintes grupos de pesquisa: Avaliação em Psicologia Educacional (Universidade São Francisco) e Neurociências, Cognição e Comportamento (UNESP – Rio Claro). Atuou como professora do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) na rede pública e participou de projetos da Secretaria da Educação do Município de Valinhos onde atuou no atendimento a crianças não alfabetizadas e com dificuldades na leitura e escrita. Desde 2013 coordena o Projeto “Formação de professores para o atendimento educacional especializado a alunos com dificuldades de aprendizagem” na UNESP. O projeto busca criar e divulgar estratégias que visem maximizar o desenvolvimento dessas crianças, com a finalidade de amenizar as dificuldades de aprendizagem e contribuir para o sucesso acadêmico daqueles  que fracassam na escola. Os seus principais interesses de investigação são: alfabetização / leitura e escrita, dificuldade de aprendizagem, afetividade e representações sociais.
E-mail: andreia.osti@unesp.br

Andrezza Belota. Doutora em Estudos da Criança Uminho/2019). Mestra em Educação(Ufam/2007). Especialista em: Psicopedagogia (Ulbra/2003); Neuropsicopedagogia Institucional e Educação Especial Inclusiva (Censupeg/2020); e, Neuropsicopedagogia Clínica (Censupeg/2020). Graduada em Licenciatura em Pedagogia (Ufam/2001). Professora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas Educação Inclusiva e o Aprender na Diversidade (UEA) e do Laboratório de Políticas, Pesquisa e Práticas Educacionais em Altas Habilidades/Superdotação-LAP³EAHS. Membro da Comissão para Articulação da Política Institucional de Inclusão dos Discentes com Necessidades Educacionais Especiais da UEA. Membro da Diretoria do Conselho Brasileiro para Superdotação/ConBraSD. Membro da Red Internacional de Investigación, Intervención y Evaluación en Altas Capacidades Intelectuales/REINEVA. Membro da Associação Brasileira de Criatividade/CRIABRASILIS. Membro da Sociedade Brasileira de Neuropsicopedagogia/SBNPp. Estudos e Pesquisas em: Educação de pessoas com Altas Habilidades/Superdotação; Educação Inclusiva; Acessibilidade no Ensino Superior; Educação Especial; Psicologia da Aprendizagem; Neurociência e Aprendizagem; Processo Ensino-Aprendizagem; Sucesso Acadêmico.
E-mail: andrezzabelota@uea.edu.br

António dos Santos João. Doutorado em Psicologia, na especialidade de Psicologia Educacional pela Universidade Pedagógica de Maputo, com tese sobre Concepções e abordagens à aprendizagem e sua relação com o rendimento académico e preferências dos estudantes do ensino superior. Estágio científico na Universidade de Lisboa, Portugal. Professor da Universidade Rovuma (Campus de Napipine) – Moçambique. Seus interesses de pesquisa incidem sobre temas como: processos de aprendizagem e desenvolvimento humano, auto-eficácia, métodos e competências de estudo, motivação para aprendizagem, Educação e bem-estar, adaptação de estudantes ao contexto académico, representações sociais e interculturalidade na educação.
E-mail: hiwasantos10@gmail.com

Argentil O. Amaral (correspondente da ADIPSIEDUC em Moçambique). Doutorado em Psicologia, especialidade de Psicologia da Educação, pelo Instituto de Educação, Universidade do Minho, Portugal. Professor da Universidade Pedagógica, Campus de Coalane, Quelimane – Moçambique). Os maiores interesses no campo da investigação incidem sobre cognição, aprendizagem e rendimento académico dos alunos. Acresce, ainda, o interesse pela adaptação, construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica. A este propósito, vem desenvolvendo um projeto de validação à escala nacional da Bateria de Provas de Raciocínio (BPR 8/10, BPR 11/12) versão adaptada para alunos moçambicanos do Ensino Secundário Geral. É autor de alguns artigos sobre inteligência e raciocínio, analisando as suas diferenças em funções de variáveis socioculturais dos alunos e as suas correlações com o rendimento escolar na adolescência.
E-mail: doamaral2015@gmail.com

Bárbara Amaral Martins. Pedagoga com doutorado e mestrado em Educação, na linha de pesquisa “Educação Especial”, da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – Unesp, Campus de Marília (Brasil). Realizou estágio científico (bolsista PDSE/CAPES) na Universidade do Minho (UMinho), Braga, Portugal. É professora Adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso Sul (UFMS), Campus do Pantanal, com atuação no curso de graduação em Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Lidera o Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva e integra a Red Internacional de Investigación, Intervención y Evaluación en Altas Capacidades Intelectuales (REINEVA). É autora de livro, capítulos de livros e artigos científicos relacionados às temáticas: educação especial, altas habilidades, formação de professores, exclusão social/educacional.
e-mail: barbara.martins@ufms.br

Bendita Donaciano Lopes. Doutora em Ciências da Educação, na especialidade em Psicologia da Educação, pela Universidade do Minho, Portugal, é Professora Associada na Faculdade de Educação e Psicologia (FEP), Universidade Pedagógica de Maputo (UPM), Moçambique. Professora convidada no Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (CeiED), na Universidade Lusófona de Lisboa. Presidente da Escola Doutoral de Psicologia e Diretora do Curso de Doutoramento em Psicologia Educacional. É Diretora da Revista Moçambicana de Psicologia e Educação. Membro de Associação Científica Internacional de Psicopedagogia (ACIP). Experiência de Consultoria Educacional (nacional e internacional) e formação de professores, agentes e técnicos de educação. Examinadora externa dos Cursos e/ou Programas do Ensino Superior. Autora e co-autora de vários artigos, livros e revistas nos domínios de Educação, Psicologia da Educação e Gestão da Escola.
E-mail:donacianob@gmail.com

Carlos Saiz Sánchez. Doctor en Psicologia. Professor de Pensamiento Crítico en la Facultad de Psicología, Universidad de Salamanca. Áreas de interés: Pensamiento, razonamiento, solución de problemas, toma de decisiones, instrucción y evaluación. Cursos de formación profesional sobre pensamiento crítico: concepto, evaluación y promoción. Con Silvia F. Rivas dirige el proyecto ¿Mejoran las competencias transversales en el grado de psicología? Varios artículos publicados en revistas internacionales e coautor de PENCRISAL (prueba de pensamiento crítico).
Email: csaiz@usal.es

Celia Serrano Montilla. Estudiante de doctorado del área de Metodología de las Ciencias del Comportamiento en el Centro de Investigación Mente, Cerebro y Comportamiento (Facultad de Psicología, Universidad de Granada, España). Pertenece al grupo de investigación “Modelización y medición del comportamiento humano”. Su tesis doctoral se centra en la aplicación de la metodología mixta en el desarrollado de un sistema de evaluación de las Actitudes policiales hacia la intervención en violencia de género. Sus intereses se centran ampliamente en la psicometría, desarrollo y adaptación de test, escalas y cuestionarios. Concretamente, en las actuales tendencias metodológicas en el análisis, medición y evaluación de la violencia de género. Premio Juan Huarte de San Juan del Colegio Oficial de Psicología. Participó en la Traducción al español de la Encuesta Piloto Europea de Violencia de Género. Cuenta con publicaciones en revistas nacionales e internacional, así como capítulos de libro.
Email: celiaserrano@ugr.es

Cipriana Semedo Gomes Furtado Calengue.Mestrado em Didáctica do ensino Superior, Mestrado em Ciências Contábeis, MBA em gestão de Empresas e de Recursos Humanos, Doutoramento em Ciências da Educação, especialidade Psicologia da Educação, na Universidade do Minho. Colaboradora em diversos projectos de investigação em Ciências da educação, exerce também a orientação e integração de pessoas prática em contexto privado com técnicas de relaxamento. É radialista e palestrante, formadora nas áreas de ciências da educação pelo Instituto Superior de Ciências da Educação, Membro da sociedade portuguesa de Ciências da Educação, Membro da Cruz Vermelha Portuguesa. É autora de algumas comunicações e artigos internacionais bem como de um livro sobre a auto-estima. Fala Alemão.
E-mail: paianafurtado@yahoo.com.br

Daniel Bartholomeu. Graduação em Psicologia pela Universidade São Francisco, Mestrado e Doutorado na área de Avaliação Psicológica na mesma instituição. Atualmente leciona no Centro Universitário Fundação Instituto para o Ensino de Osasco, no programa de pós graduação strictu sensu em Psicologia Educacional. Foi editor da Encontro: Revista de Psicologia e da Revista Sul Americana de Psicologia. Experiência na área de Fundamentos e Medidas da Psicologia, pesquisando nos seguintes temas: dificuldades de aprendizagem, emoções, relações sociais, inteligência, psicologia do esporte, traços de personalidade, construção de instrumentos de avaliação psicológica e educacional. Seus interesses de pesquisa atuais recaem sobre a aceitação e rejeição social, sobretudo em contextos educacionais. É colaborador do Laboratório de Pesquisa em Psicologia do Esporte (Lepespe) e do Laboratório de Avaliação Psicológica e Educacional (Labape) e do Laboratório de Psicodiagnóstico e Neurociências Cognitivas (LaPeNC) do Unisal, laboratório que fundou e atua mais diretamente no Núcleo de Pesquisa em Saúde e Desempenho Humano da UNIFIEO. É membro atual da Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SOBRAPE) e do International Scientific Psychology Network (ISPN) e da Associação Brasileira de Editores de REvistas Científicas em Psicologia (ABECIPSI).
E-mail: d_bartholomeu@yahoo.com.br

Denise de Souza Fleith. Psicóloga e mestre em Psicologia pela Universidade de Brasília, Ph.D. em Psicologia Educacional pela University of Connecticut, nos Estados Unidos. Realizou seu pós-doutorado na National Academy for Gifted and Talented Youth na University of Warwick, Inglaterra, e na Universidade do Minho, Portugal. É professora titular aposentada do Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília. Atualmente é pesquisadora colaboradora sênior do Programa de Pós-graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde da mesma instituição. Atua ainda como pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no Brasil. Integra a diretoria do World Council for Gifted and Talented Children e o comitê técnico-científico da Rede Ciência para Educação. Suas áreas de pesquisa são criatividade, desenvolvimento de talentos, avaliação psicológica e psicologia escolar e educacional.
Email: denisefleith@gmail.com

Dulce João Nunes Langa. Professora de Psicologia de Aprendizagem e de Desenvolvimento na Universidade Pedagógica de Moçambique, delegação de Nampula. Mestre em Psicologia Educacional pela Universidade Pedagógica de Moçambique, com uma tese sobre as atribuições causais dos alunos ao seu sucesso e insucesso escolar. Os actuais interesses de investigação passam pelas áreas do Desenvolvimento Humano e da Aprendizagem, em particular as variáveis motivacionais associadas ao rendimento académico no ensino superior. Mais recentemente, a sua investigação passa por aprofundar a questão da transição e adaptação ao ensino superior, assumindo a construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica.
Email: dunu0@yahoo.com.br 

Ema Patrícia Oliveira. Doutorada em Psicologia, especialidade de Psicologia da Educação, pela Universidade do Minho, com dissertação sobre a aceleração académica junto de alunos com altas habilidades. Estágio científico na Universidade de Nijmegen, Holanda. Exerce atualmente a função de Professora Auxiliar no Departamento de Psicologia e Educação da Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal). Investigadora Colaboradora no LabCom.IFP, Universidade da Beira Interior. Membro fundador e ex-Presidente da Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação (ANEIS), tendo coordenado o “Programa de Enriquecimento nos Domínios da Aptidão, Interesse e Socialização” (PEDAIS), na Delegação de Braga, e o Campo de Férias “Estímulo ao Talento e à Sobredotação…” (E.T.C…), de âmbito nacional. É autora e coautora de diversas publicações nacionais e internacionais nos domínios científicos da sobredotação, criatividade e validação de instrumentos de avaliação psicológica, incluindo a coautoria de algumas escalas de sinalização de alunos com características de sobredotação e talento. Tem participado em projetos de investigação financiados nas áreas anteriormente referidas. Os atuais interesses de investigação e de orientação de teses de mestrado e doutoramento incidem na área da excelência, criatividade e adaptação académica, mais especificamente o funcionamento psicológico positivo em estudantes universitários.
Email: ema@ubi.pt

Evely Boruchovitch. Professora Titular do Departamento de Psicologia Educacional da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É Ph.D em Educação pela University of Southern California. Possui  graduação em Psicologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Foi editora da Revista Educação e Ensino da Universidade São Francisco. É membro do corpo editorial de diversas revistas científicas e de entidades científicas, sendo consultora ad hoc de diversas agências de fomento e revistas cientificas. É representante no Brasil da ADIPSIEDUC . Pesquisa nas áreas de Aprendizagem e Desenvolvimento Humano, com seguintes temas: estratégias de aprendizagem, motivação para aprendizagem,afetividade, metacognição, aprendizagem autorregulada, variáveis afetivo-motivacionais, bem como na construção e validação de instrumentos para avaliação psicoeducacional.
Email: evely@unicamp.br

Farissai Pedro Campira. Doutor em Educação, especialidade de Psicologia da Educação pela Universidade do Minho. A sua tese de doutoramento intitulada: Construção e validação de uma escala de autoconceito: Estudo com alunos do 1º ano da Universidade Pedagógica de Moçambique. O seu projeto de investigação está centrado no percurso de estudantes do Ensino Superior, suas vivências, aprendizagem e rendimento.  É professor auxiliar na Universidade Licungo-Moçambique, lecionando temas de psicologia da educação e metodologia de investigação.  Autor e co-autor de mais de uma dúzia de artigos científicos entre os publicados em revistas científicas e em livros de actas.
E-mail: fcampira@live.com

Feliciano H. Veiga. Doutor em Psicologia da Educação (PE) pela Universidade de Lisboa (UL), Professor Catedrático, coordenador do Doutoramento em Educação, especialidade PE, e membro do Conselho Científico do Instituto de Educação (IE) da UL. Membro da ≪Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação≫ do IEUL, e coordenador do Grupo de Investigação em Psicologia da Educação. Implementou e coordenou diversos projetos de investigação em PE e orientou numerosas teses de mestrado e doutoramento. Tem exercido funções de consultadoria na FCT e no ≪Centro de Formação de Professores João Soares≫. Áreas de interesse: PE, Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem, Autoconceito, Direitos Humanos, Indisciplina e Bullying nas Escolas. Suas produções científicas podem ser descarregadas de http://repositorio.ul.pt/browse?type=author&value=Veiga%2C+Feliciano
E-mail: fhveiga@ie.ul.pt

Filomena Ermida da Ponte. Doutorada em Psicologia, especialidade de Psicologia Evolutiva e da Educação pela Universidade de Santiago de Compostela- Espanha. Professora Auxiliar na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Católica de Braga (Campus Camões – Braga, Portugal). Coordenadora dos Mestrados em Ciências da Educação; Docente dos Mestrado em: Ciências Religiosas; Serviço Social; Gerontologia Social e no Pós Graduação das AEC´s Ensino do Inglês. Investigação desenvolvida na área e domínio da cognição e aprendizagem; Educação Especial (NEE); Serviço Social e Gerontologia Social. Autora de publicações nacionais e internacionais nos domínios científicos referidos.
E-mail: filomenaponte@hotmail.com

Francisco Peixoto. Doutorado em Psicologia, na área de Psicologia da Educação, pela Universidade do Minho e docente do ISPA – Instituto Universitário, lecionando disciplinas relacionadas com a Psicologia da Educação, Aprendizagem, Motivação e Métodos de Investigação nos 3 Ciclos de Estudos (licenciatura, mestrado e doutoramento). Tem estado envolvido, quer como investigador principal quer como membro da equipa de investigação, em diversos projetos financiados pela FCT, Comunidade Europeia e Research Council of Norway. A maioria destes projetos têm-se centrado nos componentes afetivos da aprendizagem, nomeadamente as emoções em contexto académico, a autoestima e a motivação dos estudantes assim como na identidade profissional dos professores, motivação e resiliência. É autor de diversos artigos publicados em revistas e livros nacionais e internacionais. Foi Editor Associado do European Journal of Psychology of Education e membro do Editorial Board de diversas revistas nacionais e internacionais. Alguns produtos de investigação podem ser encontrados em: https://www.researchgate.net/profile/Francisco-Peixoto/research
E-mail: fpeixoto@ispa.pt

Gabriela Portugal. Professora Associada na Universidade de Aveiro, exercendo funções como docente e investigadora no Departamento de Educação e Centro de Investigação Didática e Tecnologia na Formação de Formadores (CIDTFF), sendo doutorada em Ciências da Educação na especialidade de Psicologia da Educação. Os seus interesses de investigação têm-se situado, fundamentalmente, em torno de processos de promoção do desenvolvimento e aprendizagem das crianças, na linha de uma abordagem experiencial da educação, análise da ecologia do desenvolvimento, avaliação e inovação pedagógica em contextos de educação de infância, organização e potencialidades educativas do espaço exterior e formação de educadores de infância.
E-mail: gabriela.portugal@ua.pt

Gina C. Lemos. Pós-Doutorada em Ciências da Educação, Doutorada em Psicologia da Educação e Licenciada em Psicologia pela Universidade do Minho. Como docente do ensino superior tem partilhado, com entusiasmo, conhecimento e práticas nos domínios que são a sua aposta: Avaliação Cognitiva, Metodologias de Investigação, Educação Inclusiva, Psicologia da Educação e Psicologia do Desenvolvimento. Como investigadora desenvolve atividade científica sobre cognição e aprendizagem, formação inicial de professores do 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico em relação ao ensino da leitura e da escrita, em estudos de dimensão nacional; trabalha na conceção, validação e aferição de instrumentos de avaliação psicológica; e colabora em trabalhos de consultoria no domínio da avaliação de projetos nas áreas da Educação e do Conhecimento (e.g. Fundação Calouste Gulbenkian, Teach For Portugal, Casa da Avenida – Setúbal). Atualmente é professora adjunta convidada na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal, investigadora integrada no Centro de Investigação em Educação (CIEd) da Universidade do Minho e investigadora colaboradora no Centro de Investigação em Educação e Formação (CIEF) da ESE-IPS.
E-mail: gclemos@gmail.com

Joana R. Casanova. Investigadora em Pós-Doutoramento no Projeto SMOOTH – Educational commons and active social inclusion (H2020), no CIEC-Centro em Estudos da Criança, Instituto de Educação, Universidade do Minho. Doutorada em Ciências da Educação, especialidade Psicologia da Educação, pelo Instituto de Educação, Universidade do Minho, com projeto intitulado “O abandono de estudantes do Ensino Superior: Estudo de variáveis pessoais e contextuais”, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia.  Formadora do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (Formação de Professores) nas áreas da Psicologia, Psicologia da Educação e Metodologia de Investigação em Educação. Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde. Psicóloga, especialista em Psicologia Clínica e da Saúde, membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (n.º 14720), membro da Equipa de Saúde Mental e Apoio Psicossocial Cruz Vermelha Portuguesa. É autora e coautora de comunicações e artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais. E-mail: joana.casanova@gmail.com

José Zacarias Samuel Matemulane. Doutorado em Ciências Psicológicas, especialização em Psicologia Politica pela Universidade Estatal de São Petersburgo; Mestrado em Psicologia de Educação, com especialização no Acompanhamento e Reabilitação Psico-pedagógica de pessoas com Necessidades Educativas Especiais, pela Universidade Pedagógica Estatal Russa HERZEN, São Petersburgo – Federação Russa. Professor da Universidade Pedagógica de Moçambique, delegação de Quelimane. Interesses em investigação nas áreas de Dinâmica da Consciência de Massas, Personalidade na Politica, Comportamento Organizacional, Estigmatização e Auto-estigmatização de Pessoas com Distúrbios Funcionais, Motivação da Aprendizagem, Construção e Validação de Instrumentos de Avaliação Psicológica.
E-mail: jmatemulane.ac@mail.ru

Katia Regina Xavier Pereira da Silva. Pedagoga e Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Orientação Educacional. Doutorado em Educação pela UFRJ e Mestrado em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Pós-doutorado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da UERJ, com ênfase nos temas educação médica e educação em saúde no espaço escolar. Docente do Colégio Pedro II (CPII), com atuação na Pós-graduação, nos cursos de Mestrado Profissional em Práticas de Educação Básica (MPPEB) e de Especialização em Educação Psicomotora. Pesquisadora da Linha de Pesquisa Prática Docente e Formação Continuada do MPPEB. Fundadora e líder do Grupo de Pesquisas e Ensino, Aprendizagem, Interdisciplinaridade e Inovação na Educação (GPEAIINEDU) e Coordenadora do Laboratório de Criatividade, Inclusão e Inovação Pedagógica (LACIIPED), ambos vinculados à Pró-Reitoria de Pós-graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura do CPII. Experiência na área de Educação Básica e Superior, com ênfase na formação de professores e de profissionais da saúde. Pesquisa nas áreas de criatividade, aprendizagem, interculturalidade e metodologia científica. Link para o Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/2686345319538102
E-mail: katiarxsilva@globo.com

Katya Luciane de Oliveira. Psicóloga com mestrado em Psicologia na área de concentração avaliação psicológica no contexto escolar e educacional, pelo Programa de Pós-graduação Stricto Sensu da Universidade São Francisco. Doutora em Psicologia, Desenvolvimento Humano e Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. Estágio pós-doutoral em Avaliação Psicológica pelo Programa de Pós-graduação Stricto Sensu da Universidade São Francisco. Desde 2009 é Professora Adjunta Doutora do Departamento de Psicologia e Psicanálise/PPSIC e do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade Estadual de Londrina. Coordenadora do Laboratório de Avaliação e Pesquisa Psicológica da mesma Universidade. As pesquisas têm ênfase em Psicologia escolar e Construção e validação de testes, escalas e outras medidas psicológicas em contextos psicoeducacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação psicológica, avaliação psicoeducacional, psicometria, validação de instrumentos de medida, motivação, compreensão em leitura,estratégias de aprendizagem, habilidades cognitivas, estilos de aprendizagem/intelectuais.
E-mail: katyauel@gmail.com

Leandro S. Almeida. Doutorado em Psicologia, especialidade de Psicologia da Educação pela Universidade do Porto, Portugal. Estágios científicos nas Universidades de Yale (USA) e de Louvain-la-Neuve (Bégica). Professor Catedrático do Instituto de Educação da Universidade do Minho (Campus de Gualtar – Braga, Portugal). Os atuais interesses de investigação e de orientação de teses de mestrado e doutoramento incidem na área da cognição e aprendizagem, transição e adaptação académica, construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica. Responsável de projetos de investigação e autor de publicações nacionais e internacionais nos domínios científicos anteriormente elencados, no quadro do Grupo de Investigação sobre Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento (GICAD).
E-mail: leandro@ie.uminho.pt

Lúcia C. Miranda. É psicóloga pela Universidade de Coimbra, PhD pela Universidade do Minho em Psicologia área de especialização Psicologia da Educação, Mestre em Ciências da Educação na área de Psicologia da Educação pela Universidade de Coimbra. É membro do Conselho Científico das Revistas Sobredotação e AMAZônica, do Conselho Editorial da Revista Talincrea e do Conselho Assessor da Revista Internacional Neuropensamiento- RIN. Membro da Associação Nacional para o Estudo Intervenção na Sobredotação, Associação para o Desenvolvimento  da Investigação em Psicologia da Educação e Ordem dos Psicólogos Portugueses. Investigadora Colaboradora no Centro de Investigação em Educação (CIEd) na Universidade do Minho. As suas áreas de investigação são: identificação e intervenção em alunos sobredotados, promoção do talento criativo, metas académicas, atribuições causais em adolescentes. É autora e coautora de publicações nacionais e internacionais na área da sobredotação, criatividade e motivação.
E-mail: lrcmiranda@gmail.com

Luisa Losado-Puente. Graduação em Educação Social e Mestrado em Inovação, Orientação e Avaliação Educacional pela Universidade da Corunha (Espanha). Neste momento é investigadora predoutoral contratada no Plano I2C (Xunta de Galicia) e integra o Grupo de Pesquisa em Avaliação e Qualidade Educacional (GIACE). Se encontra afeta ao Departamento de Filosofia e Métodos de Investigação em Educação, na Faculdade de Educação da Universidade da Corunha. Sua área principal de investigação reporta-se ao desenvolvimento psicossocial de adolescentes, nomeadamente os processos de autonomia e qualidade de vida em adolescentes com necessidades educativas especiais. É revisora pre-print da “Revista de Investigación Educativa” (RIE, Espanha).
E-mail: luisa.losada@udc.es

Marcelino Arménio Martins Pereira. Doutor em Psicologia da Reabilitação e Professor Associado da Universidade de Coimbra. Os seus interesses de investigação e docência centram-se nas áreas da Psicologia da Reabilitação, Necessidades Educativas Especiais, Neuropsicologia e Avaliação Psicológica. As crianças com caraterísticas de sobredotação e/ou talento e as perturbações específicas da aprendizagem (dislexia de desenvolvimento) centram os seus maiores interesses de investigação. Nesses domínios, os estudos longitudinais, os perfis neuropsicológicos e os precursores precoces do desenvolvimento atípico são as temáticas que mais tem investigado. Vários artigos e capítulos publicados em Portugal e no estrangeiro. Coordenou um programa de enriquecimento para crianças sobredotadas (2000-2010). É membro da ANEIS – Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação. Integra a equipa do Laboratório de Avaliação Psicológica e Psicometria da Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra. É membro do CINEICC – Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental, unidade de investigação da FCT (Fundação para a Ciência e a Tecnologia).
Email: marc.pereira@fpce.uc.pt

María Consuelo Saiz Manzanares. Doutorada em Psicologia e Doutorada em Tecnologias Industriais e Engenheira Civil. Professora Titular da Universidade de Burgos, Espanha, onde foi Diretora da Área de Avaliação da Qualidade. Diretora dos grupos de Investigação “Data Analysis Tecniques Applied in Health Environments Sciences (DATAHES)” e de Inovação Docente “B-Learning en Ciencias de la Salud (B-LCS)”. Tem três linhas de investigação: 1) Estratégias metacognitivas e programas de intervenção; 2) Avaliação e intervenção em idades precoces; e 3) Aplicação de técnicas de Data Mining à análise do comportamento humano. Mais informações em  https://investigacion.ubu.es/investigadores/35511/detalle
Email: mcsmanzanares@ubu.es

Maria Cristina R. Azevedo Joly  (in memoriam).
Deixou saudades!
Faleceu (29 outubro, 2017) a associada Maria Cristina Joly. Recordamos o entusiamo colocado nos seus trabalhos de investigação e as parcerias que dinamizou juntando colegas do Brasil, Espanha, Moçambique e Portugal, vários deles associados da ADIPSIEDUC. Lembraremos em futuros eventos o seu nome e os seus contributos. Descanse em paz.

Graduada em Psicologia e especialista em Psicologia Escolar e da Aprendizagem pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas; mestrado e doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo; e pós-doutorado em Avaliação Psicológica pela Universidade do Minho. Pesquisador colaborador sênior da Universidade de Brasília no Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde. Investigando nas áreas do Desenvolvimento Humano e Educação, Avaliação em Psicologia, e Psicologia do Ensino e Aprendizagem. Coordenadora de projetos de pesquisa nacionais e internacionais (Universidade do Minho, Portugal; Rochester Institute of Technology, USA) com apoio da FAPESP e CNPq. Dirige o Grupo de Investigações Transculturais em Educação e Psicologia (Gitepsi), sendo membro da diretoria do Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica e membro da American Psychological Association – Division 16 [School Psychology] e da National Association of School Psychology -NASP/US, atuando como consultora em Psicologia e Educação na NetworkEDU.

María José Ruiz-Melero. Doctora en Psicología por la Universidad de Murcia. Profesora Asociada de la Universidad de Murcia y de Isen Centro de Formación Universitaria. Es investigadora del Grupo de Investigación de Altas Habilidades de la Universidad de Murcia. Sus líneas de investigación están relacionadas con los tópicos de las altas capacidades, la inteligencia emocional y la creatividad tanto general como específica, en la cual, ha participado en la adaptación de diferentes instrumentos destinados a su evaluación (el Test de Pensamiento Científico-Creativo de Hu y Adey y el C-SAT). Además, entre estas líneas de trabajo se encuentra el análisis de la relación e influencia de los constructos mencionados anteriormente con la formación inicial de profesorado, así como el desarrollo de las competencias docentes en la Educación Superior. Ha participado en diferentes proyectos de investigación nacionales y regionales, además de en diferentes congresos y publicaciones nacionales e internacionales sobre estas líneas de investigación.
E-mail: mariajose.ruiz4@um.es

Maria Luísa Lopes Chicote Agibo. Licenciada em Ciências de Educação pela Pontifícia Facoltá di Scienze di Educazione Auxiliuum di Roma (Itália), mestrado em Educação, especialização em Psicologia Educacional pela Universidade Pedagógica de Moçambique. Doutoranda em Psicologia, área de concentração Psicologia de Desenvolvimento e da Saúde, na Universidade São Paulo, na Faculdade de Ciências e Letras de Ribeirão Preto.  No geral interessa-se de temas ligados a educação, mas tem particular interesse em investigar temas que incluem motivação, orientação vocacional e profissional, educação para a carreira. Foi mentora e responsável de projectos e programas de extensão na área de orientação profissional e educação para a carreira.
E-mail: mluisachicote@gmail.com

Marília E. Ferreira. A concluir a graduação em Educação Básica, pela Universidade do Minho (Portugal). Membro do NEEBUM (secretária do Núcleo de Estudantes de Educação Básica), núcleo do Instituto de Educação da Universidade do Minho (Campus de Gualtar – Braga, Portugal). Foi delegada eleita do curso de Educação Básica em representação dos estudantes. Colaboradora em investigações em curso na Universidade do Minho sobre a transição e adaptação académica dos estudantes do primeiro ano no Ensino Superior, incluindo a construção e validação de instrumentos de avaliação psicológica. Coautora de algumas comunicações apresentadas em congressos nacionais e internacionais no quadro dos projetos de investigação em que colabora.
E-mail: marilia9424@hotmail.com

Marta Sainz Gómez. Profesora Contratada Doctor en el Departamento de Psicología Evolutiva y de la Educación de la Universidad de Murcia (España). Es secretaria de CEDESTE (Centro de Estudios para el desarrollo de la Superdotación, el Talento y la Excelencia) y miembro del Grupo de Altas Habilidades en dicha Universidad. Su tesis doctoral obtuvo premio extraordinario. Cuenta también con un Master en Audición y Lenguaje. Como investigadora ha realizado estancias, tanto predoctorales como postdoctorales, en la Universidad do Minho de Braga (Portugal), con el profesor Leandro Almeida. Cuenta con diversas publicaciones nacionales e internacionales de nombrado prestigio. Es de destacar su experiencia en la organización de congresos internacionales sobre su área, como miembro del comité organizador y científico. Sus líneas de investigación se centran en las Altas Capacidades, la Inteligencia Emocional y las Inteligencias Múltiples.
E-mail: m.gomez@um.es 

Neide de Brito Cunha. Licenciada em Letras (Português e Espanhol) pela Universidade de São Paulo (USP) e em Pedagogia pela Universidade São Francisco (USF). Pós-graduação em Avaliação Psicológica Educacional pela USF e em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Doutoramento em Psicologia, na área Educacional, e Mestrado em Educação, ambos pela USF. Professora do Mestrado em Educação da Universidade do Vale do Sapucaí e do Centro Paula Souza em Educação Tecnológica e de cursos de Pós-graduação Lato Sensu em Psicopedagogia. Capacitação nas áreas de Educação e da Psicologia, com maior enfoque nos temas seguintes: dificuldades no ensino e na aprendizagem da leitura e escrita, avaliação psicoeducacional, e metodologia de investigação em Educação e Psicologia.
E-mail: neidedebritocunha@gmail.com

Paula Alliprandini. Possui graduação em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina (1986).  Mestrado (1991) e Doutorado (1994) em Psicobiologia pela Universidade de São Paulo. Pós-Doutoramento no Departamento de Psicologia da “Cornell University” em 1997/1998, Atuou como docente na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), União Pan Americana de Ensino (UNIPAN),  União Educacional Minas Gerais (UNIMINAS) e Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Nessas Instituições assumiu uma série de atividades de docência, de gestão e acadêmico-científicas.   Atualmente atua como docente no Departamento de Educação e Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Membro do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP/UEL). Líder do grupo de pesquisa Cognitivismo e Educação. A sua produção científica aborda os seguintes temas: estratégias de aprendizagem, autorregulação da aprendizagem, perceção,  memória e motivação na perspetiva do processamento da informação, discutindo a contribuição destas temáticas frente ao processo de aprendizagem em contextos escolares.
E-mail: paulaalliprandini@uel.br

Pedro Guimarães. Mestre em Psicologia da Educação pela Universidade Lusíada-Porto. Estágio curricular e profissional na CASFIG (entidade municipal de Guimarães) onde atualmente exerce funções como Técnico Superior de Psicologia. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Cédula Nº15631). Tem experiência no acompanhamento técnico-pedagógico e na intervenção grupal com crianças, jovens e adultos, provenientes de meios socioeconómicos desfavorecidos. Os principais interesses incidem na avaliação da inteligência na infância e na promoção de competências cognitivas, em contexto escolar, privilegiando o estudo do impacto das variáveis sociais e familiares no funcionamento e desenvolvimento cognitivo das crianças.
E-mail: pedroguimaraes76@gmail.com

Ramon Garcia Perales. Doutor y Profesor de la Facultad de Educación de Albacete, Didáctica y Organización Escolar, Universidad de Castilla-La Mancha (UCLM). Participación en diversos proyectos de innovación e investigación desarrollados tanto en la UCLM como en la UNED. Autor de un instrumento para la evaluación de la competencia matemática. Revisor de revistas científicas y miembro de Comité Científico y Comité Organizador de Congresos Educativos. Colaborador de prácticas externas en estudios de diversas universidades. Publicación de capítulos de libro y artículos de investigación y participación como ponente en múltiples cursos, programas de Máster y congresos nacionales e internacionales. Sus temas de investigación se centran en la Orientación e Intervención Psicopedagógica, las Altas Capacidades Intelectuales y la Intervención Sociofamiliar.
E-mail: ramon.garciaperales@uclm.es

Rosario Bermejo García. Doctora en Psicología por la Universidad de Murcia. Profesora Titular de Psicología Evolutiva y de la Educación (Universidad de Murcia). Es investigadora del Grupo de Investigación de Altas Habilidades de la Universidad de Murcia. Investigadora en diferentes proyectos de investigación relacionados con las altas habilidades, inteligencia emocional y creatividad. Sus trabajos se han publicado en prestigiosas revistas nacionales e internacionales (Psicothema, Anales de Psicología, Psicodidáctica, Revista de Investigación Educativa, Thinking Skills and Creativity; Learning and Individual Differences) y ha participado en diversos congresos de carácter nacional e internacional. Actualmente, su investigación se centra, por una parte, en las Altas Habilidades y la configuración cognitivo-emocional de este tipo de alumnado, la eficacia de la intervención en el desarrollo de las altas habilidades, funcionamiento ejecutivo, gestión de recursos intelectuales, perfeccionamiento y la estabilidad en la medida de las competencias y perfiles intelectuales; y por otro lado, en las competencias docentes en la Educación Superior y en la formación inicial del profesorado en este contexto. Investiga en colaboración con expertos nacionales e internacionales sobre estos tópicos.
E-mail: charo@um.es 

Sabina N. Valente. Doutorada em Ciências da Educação, especialidade Psicologia da Educação, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, com investigação em inteligência emocional e gestão de conflitos em contexto escolar. Investigadora no Centro de Investigação em Educação e Psicologia (CIEP) da Universidade de Évora. E formadora do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua para as áreas e domínios de Psicologia da Educação; Tecnologia e Comunicação Educativa; e Didáticas Específicas (Biologia). Os interesses de investigação centram-se na educação emocional, inteligência emocional, competências socioemocionais, e formação inicial de professores.
E-mail: sabinavalentte@gmail.com 

Sandra T. Valadas. Doutorada em Ciências da Educação, especialidade em Observação e Análise da Relação Educativa pela Universidade do Algarve, Portugal. Professora Auxiliar na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve e investigadora integrada no Centro de Investigação sobre o Espaço e as Organizações (CIEO). Os atuais interesses de investigação centram-se na Aprendizagem e Desenvolvimento Cognitivo em Adolescentes e Jovens Adultos, Envolvimento académico, Ajustamento à Universidade e Sucesso Académico no Ensino Superior, Abandono escolar no ensino superior, Transição para o Ensino Superior de estudantes tradicionais e estudantes não tradicionais e Estilos de liderança escolar e Avaliação externa das escolas, e ainda na construção e validação de instrumentos. Integra equipas de projetos de investigação nacionais e internacionais financiados, na área da avaliação externa de escolas, reconhecimento de aprendizagens prévias e processos de transição de estudantes tradicionais e não tradicionais, sendo também autora de publicações nacionais e internacionais nos domínios referidos.
E-mail: scatsvaladas@gmail.com

Silvia Fernandez Rivas. Doctora en Psicología, por la Universidad Pontificia de Salamanca (España). Imparte clases sobre pensamiento crítico en la Universidad de Salamanca y en la I.E. Universidad de Segovia, o cursos y conferencias en otras universidades, de diferentes países, en este mismo tema. Ha publicado artículos sobre instrucción y evaluación del pensamiento crítico. Ha contribuido al desarrollo del programa ARDESOS para el perfeccionamiento y mejora de las habilidades de pensamiento crítico. Desde 2008 ha desarrollado, conjuntamente con el Dr. Carlos Saiz, el test de pensamiento crítico PENCRISAL. Actualmente, sigue desarrollando las herramientas de instrucción y evaluación del pensamiento crítico, en la Universidad de Salamanca, dentro del Grupo de Investigación Reconocido por dicha Universidad: “Grupo de Pensamiento Crítico y Psicología Positiva”.
Web: http://www.pensamiento-critico.com/
E-mail: silviaferivas@usal.es